MEI: facilidade em empreender

Por Michelle Palermi 06/11/2019 - 17:32 hs

Quando falamos de empreendedorismo devemos saber das suas dores e delícias. Sim, empreender é sem dúvidas uma excelente alternativa em muitos casos, mas o caminho é extremamente difícil e exige disciplina triplicada.

Você, caro leitor, não desiste fácil dos seus sonhos, ama arriscar, gosta de inovar e sair da zona de conforto? Certo, o empreendedorismo é para você. Caso esse não seja seu perfil, fique calmo, afinal, tudo com constância e determinação é possível. Estude, estude, estude e AÇÃO! A teoria de nada adianta sem a prática (experiência própria). Tem que ir na fé, ouvir alguns nãos, para finalmente contemplar cada SIM!

Para quem busca começar o negócio pequeno, com uma alternativa ágil, o MEI pode ser a solução. Entenda como funciona!

- COBERTURA DO INSS

Com o CPNJ MEI você poderá continuar respaldado pela Previdência com auxílio-doença, aposentadoria por idade ou invalidez, auxílio-maternidade, etc.

- NOTA FISCAL

Com o MEI você pode emitir Nota Fiscal Eletrônica.

- IMPOSTO FIXO, MENSAL E BARATO

Você pagará no máximo R$ 54/mês.

- CONTA BANCÁRIA EMPRESARIAL

É possível abrir conta jurídica com seu CNPJ e até solicitar financiamentos.

- FATURAMENTO MÁXIMO

Existe um limite de faturamento nesse modelo. A empresa pode faturar em média R$ 6.750/mês (R$ 81 mil em 1 ano).

- NÃO PRECISA DE BUROCRACIA OU CONTADOR

O empreendedor pode controlar tudo de forma simplificada.

- FUNCIONÁRIOS

Pode registrar nesse modelo um empregago com tributação reduzida.

Ufa, bastante coisa né?

Como se tornar MEI? 

- Consulte no portal do empreendedor, lá você encontra mais informações. Basta se cadastrar com seus dados básicos e será gerado um número de cadastro. Com isso, será necessário a entrega de documentos na Prefeitura da sua região. O órgão responsável emitirá a sua licença e alvará e pronto! Você será um Micro Empreendedor Individual.

Gostou? Acompanhe mais dicas em nosso portal e consolide seu negócio.